a
© 2020 Agência Difusão.
HomeMundoPRESIDENTE DA COMISSÃO EUROPÉIA FICA SEM CADEIRA EM REUNIÃO

PRESIDENTE DA COMISSÃO EUROPÉIA FICA SEM CADEIRA EM REUNIÃO

Ursula

PRESIDENTE DA COMISSÃO EUROPÉIA FICA SEM CADEIRA EM REUNIÃO

Ursula von der Leyen, a primeira mulher presidente da Comissão Europeia, ficou “surpresa” depois de ficar sem uma cadeira durante uma reunião dos dois presidentes da UE e do líder da Turquia, Recep Tayyip Erdoğan, e exigiu que tal desprezo nunca se repita.

A chefe alemã da comissão ficou visivelmente irritada com o início das negociações em Ancara com seus dois homólogos masculinos, Erdoğan e Charles Michel, o ex-primeiro-ministro belga que é presidente do conselho europeu.

“Ehm”, ela murmurou, com uma pequena gesticulação dirigida aos assentos ocupados, enquanto Michel e Erdoğan se acomodavam na cabeceira da sala dourada do complexo presidencial no início das negociações.

A cena embaraçosa ocorreu antes de uma reunião de três horas com Erdoğan na terça-feira, onde uma das questões levantadas pelos líderes da UE foram os direitos das mulheres à luz da retirada da Turquia de uma convenção sobre violência baseada no gênero.

Michel, que parecia ir direto para o primeiro lugar ao lado de Erdoğan quando o grupo entrou, deu poucas evidências de arrependimento. Von der Leyen teve que se contentar com uma cadeira de segundo escalão em um sofá em frente ao ministro das Relações Exteriores da Turquia.

Na quarta-feira, o porta-voz de Von der Leyen deixou claro os sentimentos do presidente da comissão sobre a questão, observando que o incidente “aguçou seu foco” na questão da igualdade de direitos durante as discussões que se seguiram.

Ele disse: “O presidente da comissão ficou claramente surpreso e isso é algo que você pode ver no vídeo … O nível de protocolo do nosso presidente é exatamente o mesmo do presidente do conselho europeu.

“A nossa presidente é membro do conselho europeu por direito próprio e normalmente quando vai a países estrangeiros é tratada exatamente da mesma forma que o presidente do conselho europeu.

“A presidente espera que a instituição que representa seja tratada com o protocolo exigido e, por isso, pediu à sua equipa que fizesse todos os contatos adequados para garantir que tal incidente não ocorra no futuro”.

O porta-voz sugeriu que o presidente da comissão tomou uma decisão calculada de continuar a reunião apesar da afronta.

“A assertividade da presidente foi claramente demonstrada pelo fato de ela não se afastar da reunião, ela participou da reunião e desempenhou seu papel integral”, acrescentou o porta-voz.

As perguntas sobre a conduta de Michel foram direcionadas ao seu porta-voz, que não respondeu aos pedidos de comentários.

Iratxe García Pérez, o eurodeputado espanhol que lidera o grupo Socialista e Democrata no Parlamento Europeu, tuitou: “Primeiro eles se retiraram da convenção de Istambul e agora deixam o presidente da Comissão Europeia sem assento em uma visita oficial. Vergonhoso.”

“Que fiasco diplomático”, tuitou Violeta Bulc, uma ex-comissária da UE.

Nem Von der Leyen nem Michel fizeram qualquer menção à gafe diplomática em uma entrevista coletiva após a reunião. “Viemos à Turquia para dar um novo impulso ao nosso relacionamento e, a esse respeito, tivemos uma primeira reunião interessante com o presidente Erdoğan”, disse Von der Leyen.

Ela acrescentou que a Turquia enviou um “sinal errado” ao abandonar a convenção sobre prevenção da violência contra as mulheres, assinada em 2011.

“Estou profundamente preocupada com o fato de a Turquia se retirar da convenção de Istambul”, disse ela. “Trata-se de proteger as mulheres e proteger as crianças da ameaça da violência”.

Erdoğan não participou na declaração. O principal resultado da reunião foi que a UE concordou em prorrogar o prazo de cinco anos, € 6 bilhões (£ 5,2 bilhões), sob o qual Bruxelas havia fornecido financiamento em troca de parar o movimento de migrantes para a Grécia.

Fonte : The Guardian

Imagem:AFP

 

Compartilhar com:
Avalie este artigo

redacao@agenciadifusao.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário