a
© 2020 Agência Difusão.
HomeComunidadeINDÍGENAS SOFRERAM MAIS COM A PANDEMIA

INDÍGENAS SOFRERAM MAIS COM A PANDEMIA

Indígenas

INDÍGENAS SOFRERAM MAIS COM A PANDEMIA

Os indígenas foram os mais afetados pelos impactos da pandemia no mercado de trabalho, de acordo com estudo do FGV Social (Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas).

A pesquisa usa dados do IBGE relativos ao segundo trimestre deste ano em comparação com o primeiro. “Os indígenas, de todos os grupos, são os que mais perderam. Perderam 28,6% de renda, o desemprego aumentou mais do que o dos outros grupos, a participação no mercado de trabalho caiu bem mais do que dos outros grupos, e a jornada caiu tanto quanto a de pardos, por exemplo”, afirma Marcelo Neri, diretor do FGV Social.

Informalidade pode ser uma das causas Oiara Bonilla, professora de antropologia da UFF (Universidade Federal Fluminense), afirma que é muito difícil determinar a causa desse impacto maior da crise para os indígenas em geral, porque as atividades e o modo de vida variam de acordo com os povos e regiões do país.

Ainda assim, ela acredita que o alto índice de trabalho informal, sem carteira assinada, pode ser um fator fundamental.

Artesanato e pesca

A professora estuda os Paumari, indígenas do sul do Amazonas. Muitos povos da região dependem em parte da venda de artesanato, da pesca, do comércio, quando o dinheiro circula na aldeia Oiara Bonilla

Ela também cita que professores ficaram sem receber. “Os professores das áreas indígenas (do Amazonas) são terceirizados. Não só eles não trabalharam, como não receberam. O que eu não sei é a proporção que isso representa dentro de uma economia indígena da região”, afirma.

Confinamento impediu as atividades isso é outro ponto que pode ter afetado a população indígena foi o próprio confinamento e o fato de que certos grupos foram mais atingidos pela pandemia.

Fonte: UOL

Share With:
Rate This Article
No Comments

Leave A Comment