a
© 2020 Agência Difusão.

GERMINAL

Germinal

GERMINAL

A obra Germinal, de Émile Zola, foi escrita no século XIX, mas é estarrecedoramente atual

O livro é ambientado no norte da França, em uma região de minas de carvão. Assim como no romance O Cortiço, de Aluísio de Azevedo, em que o próprio cortiço é um personagem da história, em Germinal podemos dizer que as minas e seus conjuntos habitacionais também protagonizam a história.

O enredo gira em torno da luta dos trabalhadores por melhores condições de trabalho, dignidade e salários decentes. O mineiro Étienne Lantier é o protagonista humano do romance e representa a revolta do proletariado frente ao descaso e a desonestidade dos patrões.

A obra, no entanto, não permite delírios romantizados. Calcada no naturalismo, seus personagens não são idealizados. Não existem heróis, mas humanos falhos lapidados no sofrimento e na labuta extenuante.

Texto: Anderson Juno

Share With:
Rate This Article
No Comments

Leave A Comment